Se o novo projeto que deve ser a pauta de uma reunião entre Léo Cunha e alguns aliados políticos, sair do papel, diversos açougues poderão fechar as portas em Estreito.

A proposta foi revelada por um de seus aliados, conhecido como Figueiredo. Segundo ele o Açougue Comunitário, vai vender o kg da carne mais barato, que em todos os açougues da cidade.

Por um lado, a proposta deve beneficiar diversas famílias carentes do município, que pagarão uma carne mais barata.

O ponto negativo, é que se o Projeto for aprovado pela Câmara de Vereadores, diversos açougues poderão fechar as portas. “Infelizmente não teremos condições de continuar com nosso açougue aberto, se esse novo projeto sair do papel, não teremos como competir com a Prefeitura de Estreito, pois temos muitos gastos para vender a carne em nossos açougues” revelou um açougueiro em uma rede social.

IMG_7244